Login | RegistoBem-vindo à Quero Saber - A revista que desperta a sua mente 
Terra IncrívelTerra IncrívelTerra Incrível
Ciência
Ciência

Para que servem os anos bissextos?

fev29
CiênciaEscrito por: Luís Filipe Costa

Para que servem os anos bissextos?

De forma a melhor compreender a importância do 29 de fevereiro, é necessário entender cientificamente o que é um dia e o que é um ano. Um dia é o tempo que a Terra demora a rodar sobre o seu próprio eixo: 86.400 segundos, 3.600 minutos, 24 horas. A definição de um ano já é um pouco mais complexa e o facto de existirem três formas de o calcular, cada uma delas com valores diferentes, não ajuda nada. A mais usada é o ano tropical, que é calculado através da inclinação do eixo da Terra face à sua posição com o Sol, determinando também as estações.

O problema de colocar tudo isto em sintonia com o calendário começa quando um ano tropical tem uma duração de 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 45 segundos. Ou seja, ligeiramente mais que os habituais 365 dias que vemos todos os anos no calendário. Isto quer também dizer que o ciclo dia/noite, analisado facilmente através da posição da Terra face ao Sol e calculado dentro de um período de 24 horas, não está em sintonia com a duração de um ano.

Associar o calendário normal com 365 dias à rotação anual da Terra em torno do Sol significa que, com o passar dos anos, as estações começariam a ficar desalinhadas do intervalo de meses tipificado no calendário. No primeiro ano, ficaríamos com apenas 5 horas, 48 minutos e 45 segundos “extras”, mas passadas três decadas o desvio seria de uma semana e após várias centenas de anos as estações estariam invertidas – em Portugal, por exemplo, o inverno passaria a ser em agosto e o verão em dezembro.

A solução para tudo isto passa pelos anos bissextos. A cada quatro anos, fevereiro recebe um dia adicional que alinha os meses estabelecidos no calendário com as estações definidas pela órbita da Terra. Contudo, adicionar um dia a cada quatro anos acaba por ser demasiado e volta a surgir o mesmo problema. Para compensar este desvio, foi criada uma nova regra. Em cada mudança de século, desde que o ano não seja divisível por 400, o ano bissexto deixa de o ser. Ou seja, 1796 e 1804 foram anos bissextos, mas 1800 não o foi. O ano 2000, que deveria seguir a mesma regra, conta como ano bissexto, visto que é divisível por 400.

Curiosamente, continua a haver um pequeno desvio de um dia a cada oito mil anos. Em baixo encontra uma boa explicação, em vídeo, do porquê da necessidade do 29 de fevereiro. O único senão é estar em inglês.

ComentáriosComentários

Precisa de fazer Login ou Registo para comentar.
Sobre nós | Publicidade | Contactos | Termos de Utilização | Política de PrivacidadeCopyright © Goody SA - Todos os direitos reservados